Página inicial  ›  Dicas de penteados
pixel
corte do cabelo Hairfindertrademark
Cabelo, Penteados e Cuidados com o Cabelo
 
pixel
pixel
pixel
pixel
pixel
pixel
pixel
pixel
pixel
pixel
corte de cabelo virtual
pixel
pixel
pixel
pixel
pixel
pixel
pixel
pixel
pixel
pixel
pixel
pixel

O significado dos Cabelos

Cabelo curto - cabelo comprido

Cabelo Longo versus Cabelo Curto na Arte da Sedução
 
Madeixas longas, voluptuosas sendo escovadas em uma coxa nua, urgindo para serem tocadas espalhadas ao longo de um travesseiro é para muitos homens, a personificação da beleza feminina e do desejo sexual. Durante séculos, os cabelos longos se personificaram como apelo-sexual, significavam feminilidade, fertilidade e disponibilidade sexual. Em comparação, mulheres vestindo shorts curtos são tradicionalmente submetidas a olhares menos desejáveis e fazem os homens se sentirem intimidados, assim sendo cabelos curtos preenchem a lacuna entre a feminilidade e masculinidade.
 
Cabelo, da mesma maneira como nos vestimos, é um indicador importante de quem somos como seres humanos e indivíduos, embora o caminho que escolhemos para o nosso cabelo é baseado em estereótipos. Tradicionalmente, o cabelo longo é visto como feminino e sexy, enquanto que o cabelo curto, muitas vezes é visto como um símbolo de rebeldia cuja portadora é desprovida de sentimentos sexuais em relação ao sexo oposto.
 
Embora os tempos mudaram desde que os homens das cavernas comemoraram a sexualidade feminina, desenhando imagens de mulheres como objetos de desejo - quanto mais longo o cabelo, mais desejável era a mulher. À medida que entramos no século 21, a mensagem que as mulheres enviam através dos cabelos é muito menos "apelativa" e mais importante é a forma como os homens recebem esses sinais, cujas mudanças estão sendo em proporções iguais. Enquanto que a mulher que cortava seu cabelo curto, durante anos fingia masculinidade, uma reação primitiva provocava reações negativas dos homens. Já na sociedade contemporânea há mais atitudes positivas com os cortes de cabelos curtos. Dentro desses limites, que se fundem, o cabelo de uma mulher ainda é um sinal de seu status sexual?
 
A mudança do papel da mulher:
 
Para chegar ao ponto crucial da discussão que “tranças ao vento são sinais sexuais mais positivos que cabelos curtos desprovidos de sexualidade”, precisamos nos aprofundar e saber como as mulheres, e seu papel na civilização, mudaram ao longo das décadas. "Rapunzel, Rapunzel, deixe cair suas tranças”, gritou o príncipe para a princesa fraca e passiva, cujas longas madeixas representavam um símbolo efervescente da virgindade, sexualidade e submissão feminina. Apesar do príncipe resgatar a princesa de cabelos tão longos como uma torre, permanece a lenda fictícia da história de Rapunzel que encantou os corações das crianças e adultos. Embora muitos homens ainda cobicem uma donzela como Rapunzel que está em perigo, são as mulheres que há muito tempo impediram o conto de fadas de se tornar uma realidade. Ao longo da história, as mulheres tornaram-se progressivamente iguais aos homens, e os seus penteados cada vez mais curtos são símbolos dessas adaptações de gênero. No final do século 18, a Revolução Francesa foi um período de mudança social radical na história da Europa, e no auge da Revolução, muitas mulheres da Inglaterra adotaram cortes de cabelos curtos. No “Bramido” dos Anos Vinte e no “Swing” dos Anos Sessenta, as mulheres decidiram cortar suas madeixas como forma de liberação. Atualmente, com mais e mais mulheres chegando a posições gerenciais e sendo concorrentes dos homens no trabalho, o estilo de cabelo de uma mulher pode representar uma "política de escritório”. Estilos de cabelo curto, não só denotam poder e status, mas também esbanjam confiança em serem capazes de usar cabelos curtos. Como conseqüência deste novo “domínio feminino”, que desafia a virgem feminina de cabelos longos tradicionais e esvoaçantes, os homens estão se tornando mais e mais atraídos por executivas autoconfiantes – os valores estão mudando.
 
Moda e Celebridades:
 
Quando as queridinhas Meg Ryan, Gwyneth Paltrow e Victoria Beckham saem ostentando um belíssimo cabelo curto, essa moda é seguida por um fluxo caótico de mulheres, lutando por um horário nos cabeleireiros, todas gritando "Quero igual ao da Gwyneth" ou "Faça igual ao da Meg"!
 
Próxima página
 
pixel
Página inicial            Troca de links            Cabelos virtuais            Sitemap            Declaração de privacidade            Aviso legal            Inglês
cabelos virtuais - tentar penteados